Governo cria cadastro de reserva no concurso da PM-PI

Serão convocados para o exame de saúde os candidatos aprovados no concurso para soldado da PM

Foto: Reprodução/Ascom Regina SousaReunião no Palácio de Karnak
Reunião no Palácio de Karnak

 

O Governo do Estado do Piauí sancionou lei criando cadastro de reserva para o concurso público da Polícia Militar que está em andamento. Assim, serão convocados para o exame de saúde os candidatos aprovados no concurso para soldado da PM. Os aprovados nessa fase têm chances de convocação para o Curso de Formação de Solados. 

Nesta segunda-feira (5), no Palácio de Karnak, A governadora Regina Sousa recebeu uma comissão de 15 candidatos para agradecer a sanção da lei.  “Geralmente os concurseiros passam em vários concursos. E alguns desistem para escolher outro em que foram aprovados. Então, essa lei sancionada cria o cadastro de reserva, o que garante que vamos preencher as vagas que possam surgir”, afirmou a governadora.


O edital original de concurso tinha uma cláusula de barreira que impedia a convocação dos concursados classificados além do número de vagas, o que agora deixa de ocorrer com a sanção da lei, que foi sancionada após a aprovação do Projeto de Lei Ordinária do Governo 39/22 que autoriza ao Poder Executivo a convocar para exame de saúde aprovados no concurso para soldado da Polícia Militar do Piauí realizado em 2021. 

Assim, os candidatos convocados para o exame de saúde que forem aprovados em todas as etapas do concurso passarão a integrar Cadastro de Reserva do Concurso e poderão ser chamados para ingresso no curso de Formação de Soldados da PM-PI. 1.000 candidatos serão chamados de imediato. 

Realizado em setembro de 2021, o concurso da Polícia Militar do Piauí tinha 1.040 vagas, sendo mil para o curso de formação de soldados e 40 para oficiais.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS