Pensar Piauí

Enfermeira piauiense é assassinada a tiros após briga de trânsito no CE

A vítima teria se envolvido em uma colisão, depois foi perseguida pelo suspeito e assassinada em um cruzamento

Foto: ReproduçãoJandra Mayandra, de 36 anos
Jandra Mayandra, de 36 anos

 

A enfermeira piauiense, Jandra Mayandra, de 36 anos, foi assassinada a tiros na noite da quarta-feira (15) após um acidente de trânsito no cruzamento da Avenida Leste-Oeste com Hélio Campos, em Fortaleza, no Ceará. 

Testemunhas relataram que a vítima voltava para casa quando houve uma colisão entre uma motocicleta e o carro em que a enfermeira dirigia. O motociclista teria perseguido a mulher e próximo a um semáforo atirou contra Jandra que morreu ainda no local. 

O suspeito de cometer o crime não foi identificado. A Polícia Civil do Ceará investiga o caso. Jandra era natural da cidade de Floriano, no Piauí, e morava com parentes em Iparana, no município de Caucaia. Ela estava no Ceará há aproximadamente 10 anos e trabalhava na central de algumas unidades de Pronto Atendimento de Fortaleza. A enfermeira era gerente administrativa no Hospital Dr. Oswaldo Cruz (Hdoc). 

Em nota, a unidade manifestou pesar pela partida repentina da enfermeira: "o mais profundo pesar pelo falecimento da gestora. Desejamos os mais sinceros sentimentos à família e amigos neste momento de luto”, afirma. 

O Conselho Regional de Enfermagem do Ceará também emitiu nota "É com profundo pesar que o Conselho Regional de Enfermagem do Ceará lamenta o falecimento da enfermeira Dra Jandra Mayandra Da Silva Soares, colaboradora do Hospital HDOC Fortaleza. Expressamos nossos mais sinceros sentimentos aos familiares, amigos e colegas de enfermagem", afirma.

Com informações do A10+

ÚLTIMAS NOTÍCIAS