Conselho de Ética do Cidadania pede expulsão de deputado que assediou Isa Penna

O Conselho considerou o fato grave e insolente

Foto: AlespMomento em que Fernando Cury abraça a deputada Isa Penna por trás durante sessão da Alesp
Momento em que Fernando Cury abraça a deputada Isa Penna por trás durante sessão da Alesp

O conselho de ética do Cidadania recomendou que o partido expulse o deputado estadual Fernando Cury (SP), que assediou a deputada Isa Penna (PSOL) no plenário da Assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP) e é alvo de um procedimento disciplinar interno.

As informações foram divulgadas pela Folha de São Paulo, em reportagem de Joelmir Tavares, onde conta que o relatório da comissão agora será submetido ao diretório nacional da sigla, que pode acatar ou rejeitar a medida. A legenda, que iniciou a análise do caso em 22 de dezembro —cinco dias após a revelação do fato—, já havia afastado o filiado das funções partidárias.

"O fato é grave e insolente, não nos permite outra interpretação que não a de estarmos diante de um acontecimento desrespeitoso e afrontoso, que deve ser combatido", afirmou a relatora do caso no conselho, Mariete de Paiva Souza.