Cantora gospel diz que agressão do marido foi motivada por um chocolate

A artista diz que as agressões eram recorrentes e começaram no primeiro dia de casamento

Foto: Pleno NewsQuesia Freitas
Quesia Freitas

A cantora gospel Quesia Freitas diz que a agressão que sofreu em um shopping no Rio de Janeiro, pelas mãos do marido Bruno Feital, foi motivada pelo fato de ela ter ido comprar uma bebida para o marido, e a loja não ter a marca de chocolate que ele queria.

Em entrevista ao Balanço Geral (Record TV), Quesia disse que sugeriu a ida ao shopping e um filme no cinema com o marido para agradá-lo, uma vez que eles vinham "trabalhando muito".

"Ele deu um surto de estresse porque não tinha o chocolate que ele queria. Depois, se estressou na hora de eu pagar o ingresso [do cinema], pois quis fazer uma surpresa. Eu disse, 'o que está acontecendo? Nada está bom para você'. Ele gritou, 'é verdade. Vamos embora agora", disse Quesia.

Quesia afirma que, envergonhada com a alteração do marido, foi em direção do banheiro para se livrar da situação."Nisso, ele já me empurrou. Estava todo mundo olhando."

A artista diz que as agressões eram recorrentes e começaram no primeiro dia de casamento. Na ocasião, foi agredida no estacionamento de um shopping porque queria resolver questões do trabalho pelo celular, quando ele não queria que ela trabalhasse. 

À Marie Claire, contou: "É um misto de vergonha porque você não quer acreditar que está passando por aquilo, com aquela gravidade. Mas uma hora você vê que está piorando e não quer aceitar. Você quer falar, mas ainda tem medo da pessoa te matar. Só que hoje estou começando a entender que não preciso do perdão dele". Quesia diz que sofreu abusos físico, psicológico e sexual e que perdeu a guarda dos filhos, de outro relacionamento, por causa do comportamento de Bruno.

"Custava a pegar meu filho mais novo. Nas poucas vezes, ele queria mais atenção do que meu filho de 7 anos. Comecei a ter vergonha do meu filho, você começa a abrir mão para proteger", disse à revista. Segundo ela, Bruno exigia sexo constantemente, mesmo quando o menino estava em sua casa.

Nesta semana, Quesia se viu em manchetes de todo o país depois da divulgação de um vídeo em que aparece sendo agredida pelo marido em um shopping. As imagens foram publicadas pelo irmão da artista, o também cantor Juninho Black. "O próximo vídeo podia ser meu óbito", avaliou.

Veja mais em: VÍDEO – Cantora gospel é agredida pelo marido em shopping no Rio e irmão pede ajuda: “Tortura”