Economista e ex-deputado federal

Jesus Rodrigues

Economista e ex-deputado federal

Os Planos para o autogolpe

 

Foto: O GloboO auto golpe acontece?
O auto golpe acontece?


Vários analistas e políticos já discorreram sobre o golpe ou auto golpe planejado pelo Presidente Jair Bolsonaro e alguns setores aliados.

Quero também expressar minha opinião, sem viajar muito longe numa teoria da conspiração, mas expressando fatos e raciocínios bem claro.

Para mim, seu plano tem como pilar central o Artigo 142 da Constituição Federal, no qual encontramos que as Forças Armadas são “organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob autoridade suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem.” Grifo nosso.

Pois bem, o hoje Presidente Jair Bolsonaro, ex capitão, tem uma história de insubordinação dentro do Exército  Brasileiro, o que lhe rendeu processo interno e notoriedade externa, a ponto de elegê-lo Vereador do Rio de Janeiro em 1988, como ele mesmo admitiu posteriormente, e a partir de 1990 a sete mandatos consecutivos de Deputado Federal até a Presidência da República.

Soldados ou capitães insubordinados não fazem carreira nas Forças Armadas, pois seu fundamento principal é a hierarquia e a disciplina e esse indisciplinado capitão sabe muito bem disso e vai cobrar obediência a sua autoridade suprema de Presidente da República para exercer o que ele entende como garantia do seu poder constitucional.

E, como cereja do bolo, por sua iniciativa, a convocação das Forças Armadas para manutenção da lei e da ordem.

Antes disso é necessário confrontar e dar um basta à lei e criar a desordem. 

OBS: Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do pensarpiaui.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS