Oscar de Barros

Quem é o denunciante?


Foto: Jade Araujo / Portal A10+Robert Rios
Robert Rios

O assunto de ontem em Teresina foi o rompimento do vice-prefeito da cidade, Robert Rios com o governo da prefeitura local, representado por Dr. Pessoa – chefe do Executivo de Teresina. As palavras "Robert Rios" ganharam destaque no twitter como um dos assuntos mais comentados na tarde de ontem. 

Rios denuncia pagamentos feitos sem o devido empenho pela Fundação Municipal de Saúde e diz que o problema não é dr. Pessoa, mas seus parentes, que se locupletam nas estruturas do poder municipal

Robert Rios anunciou rompimento, desligamento, e o ventilador espalhou resíduos sólidos por vários espaços.

As denuncias de Rios são sérias e merecem apuração. Apuradas, e confirmadas verídicas, é preciso punição dos culpados. Mas quem é o denunciante?

Robert Rios é delegado aposentado da Polícia Federal e há muitos anos dedicado à política paroquial deste Estado. Com bases políticas em Piracuruca e Teresina, Rios é o que se pode chamar de político tradicional embora tente vender uma imagem diferente.

Rios não tem ideologia política, não é de esquerda, nem de direita. É um “out sider”. Sendo bom para ele, lá ele está.

Já foi filiado ao filiado ao PSDB (1988-2003). PCdoB (2003-2013), PDT (2013-2018), DEM (2018-2020) e PSB (2020-presente)

Histriônico, usa seu tom de voz e verborragia para impressionar.

Assim que foi eleito vice-prefeito de Teresina não saia dos meios de imprensa denunciando mal feitos e corrupção nas hostes do PSDB da cidade.

Depois da prematura e chocante morte do ex-prefeito Firmino Filho, como num passe de mágica, as denuncias tão alarmadas como as atuais, sumiram dos meios de comunicação.

O que vai acontecer agora?

Deixe sua opinião: