Cultura

Fonteles lança 21ª edição do Salipi e afirma que patrocínio irá dobrar em 2024

O Salão do Livro do Piauí é o maior evento literário do estado e deve atrair 200 mil visitantes.


Foto: Reprodução/Regis FalcãoLançamento do 21º Salão do Livro do Piauí
Lançamento do 21º Salão do Livro do Piauí

O governador Rafael Fonteles lançou nesta quarta-feira (2), no Palácio de Karnak, a 21ª edição do Salão do Livro do Piauí (Salipi 2023), maior evento literário do estado. A expectativa é que 200 mil visitantes compareçam ao local do evento, no Espaço Rosa dos Ventos, na Universidade Federal do Piauí (UFPI), entre os dias 11 e 20 de agosto.

O Salipi é um dos eventos mais duradouros do estado do Piauí e gera, ao longo de 10 dias, um volume de vendas no setor de livros que ultrapassa R$ 1,5 milhão, graças ao cheque-livro distribuído aos estudantes das redes estadual e municipal de Teresina. O evento é realizado pela Fundação Quixote e pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), com patrocínio do Governo do Piauí, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e Coordenadoria de Comunicação Social do Piauí, além da Prefeitura de Teresina. Conta ainda com o apoio do Sebrae/Piauí, Teresina Shopping, Tribunal Regional do Trabalho 22ª Região e CEV/CPC vestibulares.

O governador afirmou que a meta do governo é dobrar o patrocínio para a realização do evento. “Eu, como entusiasta da educação e conhecedor da importância da leitura na formação de um povo, me comprometi em apoiar cada vez mais com o patrocínio do Estado, seja via Seduc ou Secult, o nosso Salipi, dobrando o valor para o ano que vem, principalmente para a educação com a política do cheque livro, em que os alunos podem comprar livros expostos nos stands do salão do livro”, explicou Fonteles, que defendeu a importância da feira e dos livros no desenvolvimento das crianças e sociedade em geral.

A Seduc é uma importante parceira do evento e a cada ano desenvolve e proporciona uma programação voltada para o estudante da rede pública. O secretário Washington Bandeira detalhou algumas ações da Seduc no salão. “Neste ano teremos várias ações de educação dentro do Salipi com destaque para o cheque livro, serão mais de 5 mil cheques distribuídos para os estudantes da rede estadual para que eles possam escolher e adquirir o seu livro. Além disso, teremos a imersão ENEM, que são revisões do exame dentro da programação voltada para os nossos alunos do 3º ano do ensino médio. Iremos fazer também uma ação de apresentação de clubes de leitura que temos em algumas das nossas escolas para a comunidade educacional e da população em geral”, explicou o gestor.

Kássio Gomes, presidente da Fundação Quixote, destacou que através do apoio do Governo do Estado, o Salipi consegue se expandir e ir a municípios do interior, como Valença e Bom Jesus. “Nós somos a única feira literária no Brasil que se desdobra em eventos no interior do estado, essa construção se dá graças a parceria que viabilizamos com o Governo do Estado para que um evento desta magnitude possa movimentar e atrair um público superior a 200 mil pessoas em 10 dias”, finalizou.

Foto: Reprodução/Regis FalcãoKássio Gomes, presidente da Fundação Quixote
Kássio Gomes, presidente da Fundação Quixote

A edição deste ano presta homenagem à Dr.ª Esperança Garcia – primeira advogada do Brasil – e traz como tema central: “Com livros há esperança, e com esperança, liberdade”. Garcia foi uma mulher negra escravizada em fazenda na região de Oeiras, que denunciou, por meio de carta aos governantes da época, no século XVIII, as agressões vividas por seus semelhantes.

Para além da literatura, o Salipi irá trazer exposições artísticas, exibição de produções audiovisuais, shows musicais, entre outras manifestações culturais, além das pautas literárias. Entre os presentes no evento estarão o designer gráfico Gabriel Isaac (SP), o professor Paulo Roberto Pires (RJ), o cineasta João Moreira Salles (RJ), atriz e cantora Zezé Motta (RJ) e os escritores Adriana Negreiros (SP), Lira Neto (CE), João Silvério Trevisan (SP), Itamir Vieira Jr. (BA), Djamila Ribeiro (SP). Haverá um show de encerramento com a cantora Vanessa da Mata.

Inscrições

O Salão do Livro do Piauí (Salipi) está com inscrições abertas através do site oficial www.salipi.com.br. Para quem deseja apenas assistir às palestras, não é necessária a realização de inscrição.

A inscrição prévia é necessária para quem deseja receber certificado, além de garantir o acesso prioritário às dependências do auditório em que ocorrerá a palestra até o horário-limite das 18h20 no dia em que as palestras têm previsão de início às 18h; e 19h20, no dia em que as palestras têm previsão de início às 19h.

Após o horário-limite, o acesso é aberto a todo o público presente, ainda que não tenha efetuado inscrição, respeitando sempre o limite de lotação do auditório. Não havendo, portanto, reserva de cadeira para quem se inscreveu e chegou após o horário-limite de acesso ao auditório.

Pelo site, as pessoas também terão a oportunidade de se inscrever no Curso de Escrita Literária, que será ministrado por renomados escritores brasileiros durante o evento. O curso, com vagas limitadas, é ofertado em quatro módulos nos dois finais de semana do evento. Dias 12 e 13 de agosto (sábado e domingo) e dias 19 e 20 de agosto (sábado e domingo).

Com informações da CCOM

Deixe sua opinião: