“Racismo existe no Brasil, o que não existe é governo”, diz deputado a Mourão

A fala de Mourão gerou reações entre parlamentares

Foto: VejaHamilton Mourão
Hamilton Mourão

Ao comentar o assassinato de um negro espancado por seguranças de uma unidade do Carrefour em Porto Alegre (RS), o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, disse que "no Brasil, não existe racismo". Ele lamentou o caso, mas afirmou acreditar que o crime não foi motivado por questões raciais. A fala de Mourão gerou reações entre parlamentares, que abordaram o racismo estrutural da sociedade brasileira.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM/RJ) se solidarizou com o caso e, ao contrário do vice-presidente, usou o termo racismo para o ocorrido.

Davi Alcolumbre (DEM/AP), presidente do Senado, também foi contrário ao posicionamento do vice-presidente ao se posicionar afirmando que o acontecimento "estarrece e escancara a necessidade de lutar contra o terrível racismo estrutural".

Bolsonaro diz que “todos têm a mesma cor”

Um dia depois do assassinato de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, em uma unidade do supermercado Carrefour, Jair Bolsonaro publicou mensagens no Twitter na noite de sexta (20) nas quais, sem fazer menção explícita ao caso, afirmou não ver cor de pele.

"Como homem e como Presidente, sou daltônico: todos têm a mesma cor”, escreveu. Sem citar nomes, ele defendeu que “grupos políticos instigam o povo à discórdia, fabricando e promovendo conflitos”.

Divisão

Nas mensagens publicadas, Bolsonaro também defendeu a ideia da miscigenação do povo brasileiro."O Brasil tem uma cultura diversa, única entre as nações. Somos um povo miscigenado. Brancos, negros, pardos e índios compõem o corpo e o espírito de um povo rico e maravilhoso. Em uma única família brasileira podemos contemplar uma diversidade maior do que países inteiros.”

Segundo ele, essa miscigenação é posta à prova por quem quer dividir o país. 

Em nenhuma das sequências de tuítes Bolsonaro faz menção ao dia da Consciência Negra nem cita João Alberto Silveira Freitas ou expressa condolências à família da vítima.