Decatelli: aquele que foi, sem nunca ter sido

Carlos Alberto Decatelli apresentou carta pedindo exoneração ao presidente Jair Bolsonaro

Foto: Montagem pensapiauiAquele que foi, sem nunca ter sido
Aquele que foi, sem nunca ter sido

 


Carlos Alberto Decatelli apresentou, na tarde desta terça-feira. carta pedindo exoneração ao presidente Jair Bolsonaro. Apesar de nomeado pelo presidente da República, Decatelli não chegou a tomar posse no Ministério da Educação. De sua indicação até o pedido de exoneração seguiu-se um sem número de desmentidos do curriculum do nomeado. Sem condições de explicar-se Decatelli pediu para sair. Ontem o pensarpiaui o comparou à atriz Regina Duarte, também nomeada por Bolsonaro para a pasta da Cultura, com status de Ministra. Quando atriz, ela interpretou na novela Roque Santeiro, a viúva daquele que dava titulo ao folhetim, so que não era viúva coisa alguma. E ficou conhecida como Viúva Porcina - aquela que foi sem nunca ter sido. 

Carlos Alberto Decatelli foi nomeado Ministro, mas nunca tomou posse. Pode ser chamado daquele que foi sem nunca ter sido. 

E assim vive o Brasil de Bolsonaro - tal qual um folhetim da emissora que ele tanto diz odiar.