Regina saiu do Governo, mas Decotelli pode ser a Viúva Porcina

Aquele que foi sem nunca ter sido

Foto: Montagem pensapiauiAquele que foi, sem nunca ter sido
Aquele que foi, sem nunca ter sido


A revista Veja informou que que o presidente Jair Bolsonarto desistiu de nomear Carlos Alberto Decotelli para comandar o Ministério da Educação.

“O presidente já procura um novo nome para o ministério. Infelizmente, a avaliação é de que não há como seguir com Decotelli. Se mente no currículo, pode mentir em tudo. Confiança é algo crucial”, disse um ministro palaciano à Veja, sob a condição de anonimato.

Agora no fim da tarde Jair Bolsonaro e Decotelli estiveram reunidos. Segundo o Estadão, o professor Carlos Alberto Decatelli fica à frente do Ministério da Educação (MEC), apesar dos sucessivos questionamentos ao seu currículo.

A decisão foi tomada pelo presidente Jair Bolsonaro, que ouviu as versões do professor e concluiu que ele tem “lastro acadêmico” e “reconhecimento como gestor”, depois de 42 anos de vida pública.

O presidente preferiu prestigiar a prática de vida em detrimento de “detalhes formais de currículo”. O anúncio oficial será feito pelo presidente pelas redes sociais, ainda nesta segunda-feira, 29.

OBS: Na novela Roque Santeiro, Regina Duarte, viveu uma personagem que alegava ser viúva, mas na verdade, não era. Era chamada de Viúva Porcina, aquela que foi sem nunca ter sido.