Professor do IFPI

Daniel Ribeiro

Professor do IFPI

O País pegou fogo (mas já faz algum tempo)

Foto: google imagemBrasil pegando fogo
Brasil pegando fogo

O país pegou fogo quando um grupo de descontentes nas ruas induziu congressistas a aplicar um golpe na democracia, apoiados por agentes do judiciário que deveriam sobremaneira preservar a verdade absoluta e defender a aplicação das leis. Única e exclusivamente baseados na constituição federal, e não em depoimentos forjados e encomendados. Membros do MP e juízes que se uniram em uma empreitada vil e covarde, em busca de satisfazer o desejo da direita de chegar ao poder a qualquer custo.

O país pegou fogo numa eleição manchada, onde o principal líder politico da nação foi impedido de participar, condenado justamente por esses que se locupletaram de falcatruas para buscar mostrar a falsa verdade que eles defendiam. O país pegou fogo, e deveria esse ter sido bem mais causticante, quando áudios e mensagens foram divulgados, externando todos os subterfúgios e influências exercidas para chegarem ao seu objetivo.

O país pegou fogo quando a extrema direita, representada por um inoperante deputado do baixo clero chegou ao planalto. Oportunidades e conquistas das duas décadas anteriores foram se esvaindo, lançadas ao fogo da injustiça social e da incapacidade administrativa. Cortes na educação, na saúde, fim de conselhos de apoio às minorias, aprovação de uma reforma previdenciária injusta e que decreta cada vez mais a distância entre as classes sociais mais e menos favorecidas são as chamas que queimam a pátria.

Agora nosso país pega fogo na essência da palavra, no sentido denotativo da mesma. Um fogo que queima não só a nossa floresta, pulmão do mundo, suas riquezas, e AINDA ameaça espécies animais e vegetais de extinção, mas um fogo que queima ainda mais nossos valores humanos e sociais, cujo fósforo é um presidente ineficiente e incapaz de apagar as chamas do descrédito mundial que tostam a imagem do país. Quem sabe um fogo das trevas, eterno e por ele merecido, ainda o aguarde.

OBS: Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do pensarpiaui.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS