Segurança Pública

Piauienses são presos por divulgar pornografia infantil

As vítimas tinham fotos de cunho sexual expostas em um aplicativo de mensagens


Foto: ReproduçãoIrmão gêmeos e mais três pessoas são presas por divulgar pornografia infantil no Piauí
Piauienses são presos por divulgar pornografia infantil

A Operação Bad Vibes, deflagrada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) em todo país, prendeu cinco pessoas no Piauí, na terça-feira (10). São suspeitos de compartilhar conteúdo sexual de crianças e adolescentes. 

Os mandados foram cumpridos nas cidades de Teresina, Esperantina, Francisco Ayres e Uruçuí. 

A operação teve início após uma investigação internacional em Pretória, na África do Sul, conduzida pelo Homeland Security Investigations (HSI) dos Estados Unidos.

O Ministério da Justiça foi notificado sobre a participação de brasileiros em crimes de pornografia infantil. A Polícia Civil identificou os envolvidos faziam a divulgação de arquivos de imagens de cunho sexual envolvendo crianças e adolescentes no aplicativo Viber, semelhante ao WhatsApp.

De acordo com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, a operação foi realizada em 12 estados, foram 36 mandados de busca e apreensão e as cinco de prisão temporária no Piauí. 

Deixe sua opinião: