Comunicação

Lula convida Jean Wyllys para Secom

O ex-parlamentar retornou ao Brasil no fim de junho após quatro anos de autoexílio


Foto: Ricardo StuckertO presidente Lula e o ex-deputado Jean Wyllys, durante reunião no Palácio do Planalto
O presidente Lula e o ex-deputado Jean Wyllys, durante reunião no Palácio do Planalto

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ofereceu um cargo no governo na Secretaria de Comunicação Social da Presidência (Secom), ao ex-deputado federal Jean Wyllys (PT). Órgão é liderado por Paulo Pimenta.

Ele não irá atuar na produção de conteúdo, é um cargo ligado à área de planejamento de comunicação do governo.

O ex-deputado tinha deixado o país em janeiro de 2019, retornou no fim de junho após quatro anos de autoexílio. Na época abriu mão do terceiro mandato na Câmara dos Deputados, em razão de ameaças de morte.

Ele retornou ao Brasil em 30 de junho, mesmo dia que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tornou Bolsonaro inelegível por 8 anos. A decisão foi tomada pelo abuso de poder político e uso indevido dos meios de comunicação por parte do ex-presidente. 

Deixe sua opinião: