Vídeo: Veja o momento em que a China lança mísseis contra Taiwan

Como revelou a mídia internacional, 11 mísseis foram disparados até o momento. Este é o maior ataque militar realizando próximo a Taiwan em décadas

Foto: ReproduçãoAtaques militares da China nos arredores de Taiwan
Ataques militares da China nos arredores de Taiwan

Nesta quinta-feira (4), nos arredores de Taiwan, a China iniciou exercícios militares contra o país. O ataque foi motivado pela visita de Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos Estados Unidos a Taiwan, o que causou tensões geopolíticas no mundo.

Como revelou a mídia internacional, 11 mísseis foram disparados até o momento. Este é o maior ataque militar realizando próximo a Taiwan em décadas, ato que está sendo interpretado como demonstração de força. Segundo a nação chinesa, os ataques são “necessários e justos” e os EUA e seus aliados são culpados pela ação.

“Seis grandes áreas ao redor da ilha foram selecionadas para o exercício de combate e, durante este período, navios e aeronaves não poderão entrar nos espaços aéreo e marítimo envolvidos”, contou a TV estatal de Pequim, CCTV.

Um dos pontos mais importantes para a rota marítima internacional é o estreito de Taiwan, com 130 km de largura em seu ponto mais estreito. Outras manobras com munição real devem acontecer até domingo ao meio-dia (horário local).

As autoridades taiwanesas não informaram o local exato onde os mísseis caíram ou se sobrevoaram a ilha, mas falaram que 27 caças chineses entraram na zona de defesa aérea de Taiwan desde que Pelosi foi embora. O ministério de Defesa do país condenou os atos, que chamou de “ações irracionais que minam a paz regional”.

Com informações do DCM 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS