Pensar Piauí

Vereador Leonardo Eulálio perde mandato na Câmara

Mesmo cabendo recurso, o cumprimento da decisão deve ser imediato

Foto: ReproduçãoVereador Leonardo Eulálio
Vereador Leonardo Eulálio

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), cassou o mandato do vereador Leonardo Eulálio (PL) e dos suplentes eleitos pela sigla no pleito de 2020 por fraude à cota de gênero. 

A ação foi impetrada pelo partido Progressistas (PP) e pela suplente de vereadora Graça Amorim. Graça elegou um suposto uso de candidaturas "laranjas" pelo Partido Liberal para burlar a cota de gênero.

Em maio de 2022, o juiz Dioclécio Sousa da Silva, da 1ª zona da Justiça Eleitoral, considerou procedente a Ação de Impugnação de Mandato Eletivo impetrada pelo PP, e determinou a cassação da chapa. O partido recorreu da decisão ao TRE, que reformou a sentença e manteve o mandato do PL.

Mesmo cabendo recurso, o cumprimento da decisão deve ser imediato.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS