'Trabalhar sendo engraçado é muito triste', diz Whindersson Nunes

O humorista desabafou no Twitter

Foto: InstagramWhindersson Nunes
Whindersson Nunes

O humorista piauiense Whindersson Nunes, de 26 anos, desabafou no Twitter hoje sobre o trabalho. Recentemente, ele voltou a usar as redes sociais após um tempo afastado por conta da morte prematura do filho, João Miguel, em maio.

"Trabalhar sendo engraçado é uma coisa muito triste", escreveu Whindersson.

O artista recebeu apoio dos seguidores nos comentários da publicação. "É porque antes você era naturalmente engraçado, mas os acasos da vida te fez uma pessoa triste por isso que agora está tão difícil ser engraçado", disse uma internauta. "Trabalhar triste e ganhar um salário mínimo no final do mês que é engraçado", falou mais uma pessoa.

Recentemente, Whindersson se declarou para a noiva Maria Lina nas redes sociais: ele disse que ela é "a mais forte do mundo". A história do casal comoveu o Brasil quando o bebê João Miguel - primeiro filho do humorista com a estudante de engenharia - morreu de forma prematura.