Pensar Piauí

Piauí conquista 1ª posição no ranking regional de desempenho de recursos federais

O Estado subiu dez pontos percentuais em seis meses, conquistando a liderança entre os estados do Nordeste.

Foto: Reprodução/CCOMDados do governo
Dados do governo

Resultado do trabalho do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan) e demais órgãos da administração pública estadual, o Piauí conquista a primeira posição entre os estados do Nordeste e a quinta posição no ranking nacional do Índice de Desempenho na Gestão das Transferência Discricionárias e Legais da União (IDTRU-DL), que avalia o desempenho na gestão dos recursos operacionalizados na Plataforma +Brasil, ferramenta utilizada pelo Ministério da Economia para a avaliação contínua do desempenho de beneficiários de recursos federais.

Em junho de 2023, o Piauí atingiu a pontuação de 53,27, colocando o estado em terceiro lugar regional e 13º lugar nacional. Em apenas seis meses, houve um aumento de mais de dez pontos percentuais, passando a 63,53 e alcançando a liderança graças ao desempenho dos órgãos envolvidos.

O IDTRU-DL considera os instrumentos firmados nos últimos 60 meses e destaca o Piauí como o estado com o maior valor global de investimentos em captação de recursos por meio de programas federais, totalizando R$ 1,9 bilhões. O estado ocupa a terceira posição em número de instrumentos firmados, com 462, ficando atrás apenas de São Paulo, com 530, e Bahia, com 487.

O secretário de planejamento, Washington Bonfim, atribui esse sucesso ao esforço conjunto das secretarias estaduais. “A conquista da liderança no âmbito regional é reflexo do comprometimento e da sinergia entre os órgãos estaduais. Estamos focados em manter a liderança regional e conquistar, em um futuro próximo, o primeiro lugar a nível nacional”, destacou o secretário.

A superintendente de Monitoramento Estratégico (SUME), Gabriela Celso, enfatizou o papel da superintendência no monitoramento do índice de desempenho. “A SUME acompanha todos os órgãos da administração que possuem instrumentos junto ao governo federal.” pontuou. “Atuamos diretamente nas ações que impactam nesse indicador, desde a prospecção de programas abertos para captação de recursos, suporte na elaboração de propostas, uso de aplicativos exigidos, atendimento de prazos, acompanhamento de obras e políticas públicas, prestações de contas, até a capacitação dos servidores envolvidos no processo”, destacou a superintendente.

O acesso ao Painel de Indicadores, que exibe o IDTRU-DL, está aberto a todos os cidadãos e pode ser visualizado pelo link abaixo:

https://clusterqap2.economia.gov.br/extensions/painel-indicadores-hom/painel-indicadores.html



Com informações da CCOM 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS