Piauí anuncia liberação do segundo reforço para população acima de 18 anos

Na oportunidade também ficou acordada com os municípios a redução do intervalo da vacina da Pfizer pediátrica

Foto: ReproduçãoVacinação contra a Covid-19 no Piauí
Vacinação contra a Covid-19 no Piauí

 

O secretário de Estado da Saúde, Neris Júnior, anunciou a liberação da segunda dose de reforço das vacinas contra a Covid-19 para toda a população acima de 18 anos. A liberação foi acordada em reunião junto com o Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems).

“Sabemos da importância da dose de reforço para aumentar a imunidade de nossa população contra a Covid-19, e acordados com o Cosems liberamos a segunda dose de reforço para a população em geral acima de 18 anos. É preciso ter tomado o primeiro reforço há quatro meses ou mais. O calendário de aplicação ficará a cargo dos municípios, de acordo com a disponibilidade dos imunizantes”, disse o secretário.

Na oportunidade também ficou acordada com os municípios a redução do intervalo da vacina da Pfizer pediátrica, que seguirá a bula do imunizante, passando de oito semanas para 21 dias. O imunizante está disponibilizado para crianças acima de 5 anos.

A Coordenação de Imunização da Sesapi vai encaminhar uma nota técnicas aos municípios com as novas orientações. “Com esta redução estaremos protegendo nosso público infantil com mais celeridade, uma vez que temos vacinas disponíveis. O intervalo anterior maior só foi estabelecido devido a insuficiência dos imunizantes”, explica o superintendente de Atenção à Saúde de Municípios da Sesapi, Herlon Guimarães.

No Piauí, 65,17% da população elegível (acima de 18 anos) já tomou a terceira dose e 18,97% receberam a 4ª dose da vacina, que até a data de hoje estava liberada apenas para os profissionais da saúde e a população acima de 60 anos. O intervalo entre as doses de reforço é de 4 meses após a última aplicação. No estado 591.382 estão atrasadas para receber a terceira dose da vacina contra a Covid-19.

O secretário Neris Júnior faz um apelo aos que ainda faltam receber seu reforço e aos que estão habilitados a tomar a 4ª dose, que procurem os postos de saúde de sua cidade e tomem suas vacinas. “A dose de reforço da vacina contra a Covid-19 aumenta a proteção contra a infecção causada pelo vírus e ajuda também na proteção contra as variantes. A vacinação é importante mesmo, pois confere uma imunidade superior àquela gerada apenas pela doença, por isso é necessários que a população volte aos postos e tomem sua terceira dose e também a quarta dose assim que estiverem disponível em seu município”, enfatiza o gestor.