Vídeo: Bolsonarista se revolta com banheiros unissex do Mc Donalds e chama de "comunista"

Mulher se revoltou ao ver banheiros em uma unidade da lanchonete em Bauru (SP)

Foto: Reprodução‘McDonald’s comunista’
‘McDonald’s comunista’

Um dos maiores símbolos do capitalismo do mundo, a rede de fast food Mc Donald’s está sendo chamada de "comunista” por bolsonaristas. A revolta contra a lanchonete do palhaço começou a partir do vídeo gravado por uma mulher mostrando os banheiros de uma unidade da rede em Bauru, interior de São Paulo.

Apelidada por internautas de “dona Maria”, a mulher se mostra revoltada com o fato da lanchonete possuir banheiros unissex.

“Todos os banheiros, ó! Tem que fechar essa imundice comunista. Aqui é em Bauru. Não admito isso na minha cidade! Não quero usar banheiro com homem, mulher, com todo mundo que usa banheiro”, diz ela, desconcertada.

“Fiscalizem os banheiros públicos de sua cidade (…) É o comunismo na nossa cidade de Bauru. Uma vergonha isso”, dispara ainda a mulher, se “esquecendo” que o Mc Donald’s é uma rede privada e, portanto, não possui banheiros “públicos”.

Outros bolsonaristas endossaram as críticas de “dona Maria”. “É, eu e minha família não frequentaremos mais o Mc Donalds olha a situação dos banheiros não da”, escreveu um usuário do Twitter.

“É isso que o MC Donald’s está querendo, colocar homens e meninas no mesmo banheiro”, comentou outro internauta.

  

A maior parte da repercussão, no entanto, partiu de pessoas caçoando e ironizando a revolta dos bolsonaristas com banheiro de lanchonete.