Gabriel Luiz, jornalista da Globo, fala pela 1ª vez após atentado

Ele continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Brasília, no Lago Sul, onde já foi extubado

Foto: ReproduçãoJornalista da Globo, Gabriel Luiz
 Gabriel Luiz

 

O jornalista Gabriel Luiz, da TV Globo, se pronunciou publicamente pela primeira vez após ser esfaqueado com dez facadas, em Brasília, no dia 14 de abril.

Ele continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Brasília, no Lago Sul, onde já foi extubado. O repórter está lúcido e consciente e inclusive já caminhou alguns passos, com ajuda de uma fisioterapeuta. Seu quadro é estável.

Em publicação nas redes sociais, Gabriel agradeceu a solidariedade dos colegas. “Queria agradecer o carinho, a torcida e as orações de todo mundo. Vocês não imaginam o tanto que isso faz a diferença! E fico sem palavras com tanto de gente que me quer bem.”


Veja a mensagem na íntegra:

"Oi, pessoal!

Aqui é o próprio Gabriel.

Queria agradecer o carinho, a torcida e as orações de todo mundo. Vocês não imaginam o tanto que isso faz a diferença! E fico sem palavras com tanto de gente que me quer bem.

Cada dia no hospital tem sido um desafio diferente. Há dias de batalha e de descanso.

Estou nas mãos dos melhores e, com base no que os médicos me relatam, estou confiante de que a minha saída tá agora bem mais perto do que longe.

Nos últimos dias, tenho tido uns picos fortes de febre, com calafrio. É o corpo reagindo! E pra ser acompanhado mais de perto e mais rápido, a decisão foi a de voltar temporariamente pra UTI. Devo retornar pro quarto normal em breve, mas só quando acharem que tá sob controle.

E por aqui, tenho voltado pouco a pouco pra rotina de antes. Andando sozinho normalmente, lendo, cantando, jogando dominó e caprichando nos trocadilhos ruins. E meu foco de hoje é a janta: pizza margherita. Quer coisa melhor?

Obrigado a todos. E nos vemos em breve!”