Consignado do Auxílio Brasil: Caixa suspende novos empréstimos até 14/11

De acordo com o comunicado, o motivo da suspensão é a realização do processamento da folha de pagamento do benefício no período

Foto: DivulgaçãoAuxílio Brasil
Auxílio Brasil

A Caixa Econômica Federal suspendeu os novos empréstimos no consignado do Auxílio Brasil até dia 14 de novembro. De acordo com o comunicado, o motivo é que o Dataprev está realizando o processamento da folha de pagamento no período. 

Entretanto, o atraso ocorreu após Jair Bolsonaro (PL) perder a reeleição para Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“A Caixa informa que, durante o processamento da folha de pagamento do Auxílio Brasil, processo que envolve Dataprev, a Caixa e Ministério da Cidadania, a partir de 19h do dia 01/11/2022, até às 07h do dia 14/11/2022, o Consignado Auxílio não estará disponível para contratação”, diz a nota do banco.

Desde o início da operação, já foram concedidos R$ 5,5 bilhões em crédito aos beneficiários.

Suspensão 

No final de outubro, o Tribunal de Contas da União (TCU) recomendou a suspensão dos empréstimos até que a Corte analise a regularidade das operações. O TCU queria explicações sobre o motivo do banco ofertar empréstimos em outubro, período eleitoral. 

O Ministério Público e o TCU pediram a suspensão do consignado. Na avaliação do subprocurador-geral, Lucas Furtado, o crédito tinha “finalidade meramente eleitoral e em detrimento das finalidades vinculadas do banco”.

Com informações da Caixa e Metrópoles

ÚLTIMAS NOTÍCIAS