Pensar Piauí

Ciro Nogueira se explica mas não explicou operação contra Bolsonaro

Quando cobrada por site, senador correu a dar justificações

Foto: Montagem pensarpiauiCiro Nogueira
Ciro Nogueira

Ontem o site "Último Segundo" publicou: Ciro Nogueira não defende Bolsonaro após operação da PF,

No texto o site diz: Desde a busca e apreensão realizada pela Polícia Federal pela Operação Tempus Veritatis, o ex-ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP-PI), tem optado por um silêncio eloquente em relação ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL-RJ).

Em vez disso, o senador direcionou sua atenção para as pautas econômicas do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o que é visto por aliados como um erro de estratégia, já que pesquisas que circulam em Brasília apontam que esse tema é o que o atual chefe do Executivo federal tem maior aprovação da população.

Nogueira ingressou na antiga gestão em 2021, alardeando ser um dos maiores defensores do bolsonarismo. No fim de janeiro, por exemplo, em entrevista à CNN Brasil, o senador chegou a dizer que Bolsonaro era o maior cabo eleitoral do país.

No entanto, desde que Bolsonaro se tornou o principal alvo da Operação Tempus Veritatis, Ciro Nogueira não proferiu uma única menção em defesa do ex-presidente em suas redes sociais, um comportamento que gerou murmúrios nos bastidores entre os líderes bolsonaristas.

A percepção predominante é que Nogueira evita "entrar nas trincheiras" e utiliza o bolsonarismo como uma ferramenta meramente oportunista para angariar votos.

De fato, o falante senador piauiense tem usado suas redes sociais para vários temas mas para a defesa de Bolsonaro, nada. 

Isto é tão verdade que logo após a publicação do "Útimo Segundo", Ciro Nogieira apressou-se e logo fez sua própria defesa:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS