Pensar Piauí

Brasileiro foragido nos EUA é capturado

O brasileiro escapou da prisão do condado de Chester na manhã de 31 de agosto

Foto: DivulgaçãoDanilo Cavalcante
Danilo Cavalcante

Informações atualizadas 

O brasileiro Danilo Cavalcante foi capturado pela polícia após ficar 14 dias foragido na Pensilvânia, nos EUA, nesta quarta-feira (13). Em coletiva de imprensa, a polícia informou o criminoso tentou escapar quando percebeu que estava cercado, mas um cachorro impediu uma nova fuga.

Segundo o governador da Pensilvânia, Josh Shapiro, a prisão ocorreu sem disparos de armas de fogo e sem feridos.

Segundo a polícia, o brasileiro está em bom estado de saúde.

O primeiro indicativo de que a polícia estava próxima de localizar o brasileiro foi disparo do alarme de uma casa na noite de terça-feira (12). Um helicóptero então foi acionado para fazer uma varredura com uma câmera que detecta sinal de calor. O cerco então foi formado durante a noite até que o brasileiro ser preso no início da manhã.

Durante as duas semanas de fuga, ele foi flagrado por câmeras de segurança. Dessa forma, a polícia descobriu que o foragido havia raspado o cabelo e a barba.

Ele também roubou uma van e dirigiu cerca de 40 km antes de abandonar o veículo e seguir caminhando por uma região de mata.

Na segunda-feira (11), Cavalcante roubou um rifle calibre 22 de uma casa e quase foi baleado pelo morador que reagiu com tiros de pistola.

As autoridades americanas ofereceram US$ 25 mil, cerca de R$ 125 mil, de recompensa pela prisão do brasileiro.

Foto: R7Cavalcante preso

Foto: R7Cavalcante preso

Informações originais

O brasileiro fugitivo Danilo Cavalcante foi capturado pelas autoridades dos Estados Unidos na manhã desta quarta-feira (13). A polícia irá dar uma coletiva de imprensa às 10h30 (horário de Brasília) para falar sobre o caso.

Danilo Cavalcante foi condenado à prisão perpétua no último dia 22 por matar a ex-namorada Déborah Brandão, na época com 34 anos, a facadas. Os dois são brasileiros, mas o crime ocorreu na cidade de Phoenixville, no estado da Pensilvânia (EUA).

O brasileiro escapou da prisão do condado de Chester na manhã de 31 de agosto. Ele foi classificado como um homem extremamente perigoso.

Segundo a promotoria, Danilo esfaqueou a mulher até a morte na frente dos filhos dela, de 4 e 7 anos. Ele não aceitava o fim do relacionamento do casal. O assassinato ocorreu em abril de 2021.

Após o crime, Cavalcante fugiu para o estado da Virgínia, mas foi preso pela polícia local menos de duas horas após o assassinato.

Sarah Brandão, irmã de Deborah, contou ao UOL em 2021 sobre a dinâmica do que ocorreu: “Foi enquanto ela pegava as compras do supermercado no carro dela, com as crianças. Ele pegou ela pelo cabelo e a golpeou no tórax, deixando as crianças verem tudo”.

A captura acontece depois de 14 dias e de uma megaoperação com 500 policiais e participação do FBI. Mesmo assim, Cavalcante conseguiu caminhar por 38 quilômetros, roubar uma van e um rifle e trocar tiros com um morador.

"A captura de Cavalcante dá fim ao pesadelo das duas últimas semanas, e agradecemos a cada um dos policiais regionais, estatuais e federais que saíram às ruas em todas as condições, dia e noite", declarou o Departamento de Polícia da Pensilvânia em comunicado.

Com informações do Jornal de Brasília, G1 e r7