Araraquara (SP) cria 'Uber' público; motorista fica com 95% da tarifa

Aplicativo é uma realização da Cooperativa de Transporte de Araraquara em parceria com o governo petista de Edinho Silva

Foto: DivulgaçãoBibi Mob
Bibi Mob

O aplicativo Bibi Mob, uma espécie de “Uber público“, que busca por motoristas baseado na localização, lançado no início de janeiro pela Cooperativa de Transporte de Araraquara, a Coomappa, em parceria com a prefeitura de Araraquara, comandada por Edinho Silva (PT), está bombando na cidade.

De acordo com Kátia Cristina Anello, presidente da Coomappa, a quantidade de usuários do Bibi Mob neste primeiro mês de lançamento, que ficou em torno de sete mil, foi além das expectativas. “Nós fizemos um lançamento no dia 3 de janeiro, um mês considerado muito fraco, por ser de férias, início de ano, com vários tributos a serem pagos, o movimento cai bastante, então superou as expectativas sim”.

Desconto menor do motorista

O Bibi Mob, que é oferecido pela Coomappa, tem como propósito facilitar o trabalho dos motoristas, que sofrem diariamente com uma série de obstáculos encontrados no exercício da função. O aplicativo está disponível gratuitamente na Play Store e iOS.

O aplicativo tem como grande novidade o desconto de apenas uma porcentagem em torno de 5 a 7% do valor da corrida para manutenção do software, da plataforma, ou seja, aproximadamente 95% da corrida vai ficar para o motorista. No caso do Uber e do 99, a diferença entre o que o motorista paga e o passageiro recebe pode chegar a 50%.

A cooperativa tem ainda diversas parcerias, com descontos em serviços que o motorista utiliza no dia a dia, como consertos de pneus, autocenter, lava-rápido e guincho.

Coopera Araraquara

Camila Capacle, Coordenadora de Trabalho e de Economia Criativa e Solidária da Prefeitura de Araraquara conta que a administração tem o Programa Coopera Araraquara de incentivo e apoio ao cooperativismo de trabalho e a IPECS – Incubadora Pública de Economia Criativa e Solidária. “Por meio desses programas, auxiliamos na formação de cooperativas e prestamos assessorias, capacitação e apoio técnico às cooperativas”.

De acordo com ela, o prefeito Edinho Silva foi perspicaz em perceber a problemática das condições de trabalho dos motoristas de aplicativos e moto entregadores e propôs uma política pública que pudesse auxiliar a organização desses trabalhadores por meio da organização coletiva em cooperativas”.

Com relação à parceria da prefeitura com a Cooperativa, Kátia diz que toda a população se beneficia com os serviços prestados que, segundo ela, ajudam a combater de várias formas os problemas econômicos do município. “Eu acredito que a participação da prefeitura só tende a melhorar a qualidade de vida da população de Araraquara e o entendimento da comunidade com a prefeitura”, disse.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS