Economista e ex-deputado federal

Jesus Rodrigues

Economista e ex-deputado federal

É imperioso barrar Bolsonaro

Foto: InternetEm plena pandemia
Em plena pandemia

Churrasco e Peladinha


A frase no título não tem insinuações ou maledicências. Foi proferida pelo Ilmo. Sr Presidente da República Jair Bolsonaro anunciando uma festinha em sua casa, isto é, no Palácio da Alvorada.

No texto anterior escrevi que não defendia o impedimento do Presidente, entretanto que seria necessário, de forma célere, enquadrá-lo pois a lei é igual para todos.

Em que pese o direito a inviolabilidade do lar, conforme artigo XII da Declaração Universal dos Direitos Humanos, vivemos um momento de pandemia e se as autoridades constituídas estabeleceram protocolos de distanciamento social, isso vale para todos, inclusive para o Presidente da República.

Como trata-se de um crime anunciado publicamente, é necessário impedir que o mesmo aconteça, sob pena de as autoridades competentes serem também incriminadas por omissão, negligência ou prevaricação.

É imperioso barrar Bolsonaro
 

OBS: Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do pensarpiaui.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS