Feminicídio

Marido ateia fogo em esposa durante discussão em Cocal

A PM foi acionado durante a internação da vítima e prendeu o acusado


Foto: DivulgaçãoLeidiana e Joel
Leidiana e Joel

 

Viagora - Na tarde desse sábado (25), a Polícia Militar do Piauí prendeu Joel Brito Cardoso, de 50 anos, por ser suspeito de atear fogo na própria esposa, Leidiana da Silva, 34 anos . O crime aconteceu na casa do casal no município de Cocal, 267 km de Teresina.

De acordo com a PM-PI, a filha da vítima, contou que também era alvo das agressões do padrasto, o qual convivia com sua mãe há oito anos, mas que a relação era bastante turbulenta. Após uma briga ontem, o homem expulsou todas de casa, e no momento em que saíam da residência, o suspeito jogou álcool e ateou fogo com um isqueiro.

Conforme informações da polícia, a mulher teve as chamas contidas pelo cunhado e o suspeito permaneceu no local até a chegada da PM-PI. A vítima ficou com ferimentos na região do tórax, quadril, abdômen, costas e face e foi encaminhada para o Hospital de Cocal.

Ainda de acordo com a PM-PI, o agressor foi levado para a Central de Flagrantes de Parnaíba, e indiciado pelo crime de tentativa de feminicídio.

Deixe sua opinião: