Cultura

Bruna Lombardi encanta fãs com nova foto de look barbiecore

Conheça um pouco da história desta poeta e atriz


Foto: FacebookBruna Lombardi
Bruna Lombardi

A atriz Bruna Lombardi postou uma foto nas redes sociais em que está sorrindo, com cabelos soltos, e vestido em tons rosa e salmão. Belíssima.

A atriz Bruna Lombardi completou 71 anos em 1/8 e seu filho Kim comentou na web: "A mãe mais linda do mundo". De fato, Bruna mantém a beleza deslumbrante. Conheça a trajetória dessa personalidade de sucesso.

Foto: InstagramBruna e o filho Kim
Bruna e o filho Kim

A beleza dessa carioca é tão admirada que ela passou a dar palestras que envolvem saúde, autocuidado e espiritualidade, como uma união de fatores que ajudam a manter a pessoa 'jovem'.

Quando fez 69 anos, Bruna postou fotos de biquíni e chamou muito a atenção. Especialistas foram até ouvidos sobre como é possível preservar a beleza a esse nível.

Foto: InstagramBruna

E um ponto em comum em diversas entrevistas foi a importância da hidratação. Especialistas disseram que, como o ser humano tem 70% de água, é fundamental sempre se hidratar para manter o bom funcionamento do organismo.

Bruna já deixou claro que exercícios, hidratação e alimentação são importantes. Mas estar bem consigo mesma ajuda demais: "A beleza é algo maior do que só uma pílula, uma fórmula, uma aplicação ou um truque qualquer. Não tem melhor cosmético do que a felicidade", disse.

Ela também destacou o cuidado com a pele como essencial: “Antes de dormir, limpo bem o rosto e uso creme para nutrir a pele. Sempre opto por produtos naturais e orgânicos"

Foto: DivulgaçãoBruna

Bruna Lombardi estudou nos bairros de Cerqueira César, Pacaembu e Higienópolis e tem muita história na capital paulista.

Versátil, além de atriz, Bruna também é escritora, poetisa e palestrante. 

A atriz nasceu no dia 1º de agosto de 1952, no Rio de Janeiro. Bruna é filha do fotógrafo e cineasta italiano Ugo Lombardi e da atriz austríaca Yvonne Sandner

O primeiro grande amor de Bruna foi a literatura. Começou a escrever na infância e tal atividade a acompanha por toda sua trajetória.

Foto: FacebookBruna e a literatura
Bruna e a literatura

Bruna começou a estudar a possibilidade de se tornar atriz aos 14 anos quando recebeu convite para atuar como modelo

Foto: DivulgaçãoBruna
Bruna

Sua mãe foi uma grande inspiração, já que ela decidiu seguir seus passos como atriz. Sua estreia na televisão ocorreu na novela ‘Sem Lenço, sem Documento' , na Globo, em 1977.

Foto: GloboBruna
Bruna

No ano seguinte, Bruna foi para a TV Tupi para atuar na novela Aritana. Ali conheceu o ator Carlos Alberto Riccelli, com quem se casou.

O casamento já dura há 45 anos e o casal tem um filho: Kim Riccelli. Aliás, o filho decidiu ser ator como seus pais e também diretor.

Foto: DivulgaçãoBruna e Carlos Alberto Riccelli
Bruna e Carlos Alberto Riccelli

O retorno de Bruna à Rede Globo aconteceu em 1982. Ela atuou na minissérie ‘Avenida Paulista’. No ano seguinte, interpretou Patrícia na novela ‘Louco Amor’ e dividiu o protagonismo com Fábio Júnior e Glória Pires.

Graças ao papel de Diadorim, na minissérie ‘Grande Sertão: Veredas’, a atriz atingiu o auge de sua carreira. Afinal, foi o seu trabalho mais marcante, com muitos elogios de público e crítica.

Foto: Divulgação

Bruna

Foto: DivulgaçãoBruna

Um ano depois, a artista fez parte dos elencos da minissérie ‘Memórias de Um Gigolô’ e da novela ‘Roda de Fogo’.

Em seguida, Bruna deu uma pausa em sua carreira, pois se mudou para os Estados Unidos, em 1990, com o intuito de se dedicar mais à família.

Após um ano, aceitou o convite da Rede Manchete para ser apresentadora do programa ‘Gente de Expressão’. Diretamente da cidade de Los Angeles, nos Estados Unidos, ela tinha a missão de entrevistar celebridades como, por exemplo, Mariah Carey, Dustin Hoffman, Jean-Claude Van Damme e Mel Brooks.

Foto: DivulgaçãoBruna

Bruna voltou ao Brasil em situações pontuais para alguns trabalhos no cinema como ‘O Cangaceiro Trapalhão’, em 1983, quando interpretou a Bruxa e fada Secabrú e Rainha das Águas.

Ela voltou ao Brasil em situações pontuais para alguns trabalhos no cinema como ‘O Cangaceiro Trapalhão’, em 1983, quando interpretou a Bruxa e fada Secabrú e Rainha das Águas.

Ela também participou de curtos projetos na TV Globo, como 35 capítulos da novela 'O Fim do Mundo' (1996); uma participação especial na novela das sete, ‘Andando nas Nuvens’ (1999) e na minissérie ‘O Quinto dos Infernos’ (2002).

Além de curtos projetos na TV Globo como a novela 'O Fim do Mundo' (1996), composta por apenas 35 capítulos; uma participação especial em alguns capítulos da novela das sete, ‘Andando nas Nuvens’ (1999) e na minissérie ‘O Quinto dos Infernos’ (2002).

Por sinal, ela tem alguns trabalhos em conjunto com seu marido, Carlos Alberto Riccelli. Bruna roteirizou e atuou no filme ‘Sob o Signo da Cidade’, e Ricelli dirigiu. A situação se repetiu no longa-metragem 'Stress, Orgasms and Salvation'.

Por sinal, Bruna tem alguns trabalhos feitos em conjunto com seu marido, Carlos Alberto Riccelli. Bruna roteirizou e atuou no filme ‘Sob o Signo da Cidade’,

A família também atuou em parceria na série ‘A Vida Secreta dos Casais’ (2017), da HBO. O marido e o filho de Bruna assinaram a direção e a atriz ficou responsável por escrever o roteiro e protagonizar a obra.

A família também atuou em parceria na série ‘A Vida Secreta dos Casais’ (2017), da HBO. O marido e o filho ficaram na direção e a atriz ficou responsável por escrever o roteiro e protagonizar a obra.

Bruna também é elogiada na poesia. Amiga do poeta Mário Quintana e influenciada por ele, Bruna tem seu trabalho reconhecido pela crítica e também caiu no gosto popular.

Sua atuação na poesia foi classificada como uma das mais relevantes do século XXI no Brasil tendo como base os seguintes critérios: a popularização com relação ao público e sites específicos em literatura; trabalhos acadêmicos e a citação de sua produção em obras literárias de outros autores.

Alguns de seus trabalhos com poesia são: ‘No Ritmo dessa Festa', Editora Três (1976); ‘Gaia', Editora Codecri (1980); ‘O Perigo do Dragão', Editora Record (1984); ‘Poesia Reunida’, Editora Sextante (2017); e 'Clímax', Editora Sextante (2017).

Bruna está presente no YouTube como apresentadora desde 2014.

Desde 2014, Bruna está presente no YouTube. Ela tem um canal e, entre várias curiosidades que o público descobre ali, estão as cantadas que Bruna recebeu durante entrevistas.

Deixe sua opinião: