Segurança Pública

Bacharel em Direito baleia pai e filho, sai dirigindo, bate em um carro e o motorista é atropelado

Houve de tudo neste caso: discussão, socos, tiros, batida de carro, atropelamento e morte


Foto: DivulgaçãoCrime
Crime

R7 - Uma pessoa morreu e outra ficou ferida após uma discussão entre pai e filho, no Campo Limpo, zona sul de São Paulo, na manhã de ontem. O caso ocorreu em uma padaria.

No local, pai e filho falavam sobre advogados quando um homem, conhecido como Paulo, que é bacharel em direito, teria se sentido ofendido e abordado a dupla. O bacharel foi empurrado e ficou ferido com os estilhaços de uma porta de vidro, mas sacou uma arma e fez vários disparos, ferindo pai e filho, que precisaram ser hospitalizados. O filho levou cinco tiros.

O atirador fugiu em seu carro Ford Fusion, porém a sua arma disparou acidentalmente e o homem acabou baleado na coxa. Ele acabou colidindo seu carro contra um Hyundai i30, ainda na estrada do Campo Limpo.

O condutor do i30 percebeu que o homem estava sangrando muito e realizou os primeiros socorros. Uma mulher pensou tratar-se de um assalto e tentou atropelar o homem que ajudava o bacharel em direito.

O homem atuava como advogado, mesmo não tendo licença para exercer a profissão. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

O caso é investigado.

Deixe sua opinião: