Twitter: 64% dos novos seguidores de bolsonaristas são robôs

A denúncia é do fundador do site Bot Sentinel, plataforma criada por Christopher Bouzy para combater a desinformação

Foto: DivulgaçãoTwitter
Twitter

Yahoo - Após o bilionário Elon Musk comprar o Twitter, políticos aliados do presidente Jair Bolsonaro (PL) viram o número de novos seguidores crescer. Apesar disso, a plataforma Bot Sentinel concluiu que 67,4% do total são contas consideradas não autênticas, ou seja, são robôs.

A pedido do portal Congresso em Foco, a Bot Sentinel analisou com exclusividade cinco contas de políticos bolsonaristas. São eles: a deputada Carla Zambelli, o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), os ex-ministros Damares Alves e Tarcísio Freitas, e o ministro do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, general Augusto Heleno.

O Congresso em Foco explicou que no Twitter “os robôs simulam interações como responder ou replicar postagens, além de seguir outros perfis com o objetivo de aumentar o engajamento e a relevância na rede do passarinho”.

Mudanças nos perfis

Carla Zambelli

De segunda-feira (25) até a tarde de hoje, a parlamentar ganhou 101.867 novos seguidores. Porém, 54.483 desses perfis são de contas consideradas não autênticas —53,48% do total.

Flávio Bolsonaro

O filho do presidente ganhou 75.702 novos seguidores, contudo, segundo o Bot Sentinel, 61,9% desse total foram criados desde segunda e aparentam ser perfil não autênticos.

Damares Alves

A ex-ministra tem 60.217 novos seguidores. Mas, conforme informou o Bot Sentinel, 39.863 deles são de contas não autênticas.

Tarcísio de Freitas

O mesmo aconteceu com o ex-ministro que deve disputar o governo de São Paulo nas eleições deste ano: ganhou 83.244 novos seguidores desde segunda, dia 25. Mas 64.765 são contas com a autenticidade questionada.

Augusto Heleno

O general ganhou 53.789 novos seguidores nos últimos dias, sendo que 78,1% desse total são de perfis correspondentes a robôs.

Jair Bolsonaro

O presidente da República acumulou 65 mil novos seguidores desde a compra do Twitter por Elon Musk. Desses perfis, 61,299 foram criados no mesmo dia.

Ao portal Congresso em Foco, o Twitter disse não ter identificado nada de anormal na plataforma.