Pensar Piauí

Suspeitos de envolvimento na morte de policial militar em Teresina são conduzidos para o DHPP

Eles foram detidos no início da tarde de hoje

Foto: Redes SociaisSoldado Agamenon Júnior foi morto com 2 tiros
Soldado Agamenon Júnior foi morto com 2 tiros

A Secretaria de Segurança Pública do Piauí, por meio das Polícias Civil e Militar, realizou a condução de seis suspeitos de envolvimento no homicídio do policial militar Agamenon Dias Freitas Júnior, ocorrido na madrugada deste domingo(4). Os policiais estavam em diligências conjunta desde as primeiras horas da manhã deste domingo (04).

A arma do policial foi recuperada e os indivíduos foram conduzidos para esclarecimentos no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que ficará a cargo das investigações.

“Foi instaurado um inquérito para apuração do fato. Toda a dinâmica do crime já foi entendida, toda motivação e isso será esclarecido pelo DHPP, que dará os detalhes da informação. Não iremos declinar para não atrapalhar as investigações”, disse o Comandante-Geral da Polícia Militar do Piauí, coronel Scheiwann Lopes.

Na casa de um dos suspeitos, na Vila Prainha, os investidores encontraram R$ 35 mil em dinheiro vivo, duas motocicletas sem placa e seis bicicletas, além de uma pistola e munições.

O dinheiro foi encontrado na residência de Pedro Vitor Cardoso Almeida, 18 anos, no bairro São João. Outros dois suspeitos do crime, também, foram presos no bairro São João. São eles: Tiago Rocha Santiago Nascimento, 29 anos; e Wicloas Neves Portela, 20 anos.

O menor, identificado pelas iniciais M. J. da S. C, 16 anos, foi apreendido na Vila Mandacaru, que fica próximo ao bairro São João.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS