Profissionais de Enfermagem decidem paralisar atividades por três dias em Teresina

Enfermeiros e técnicos de Enfermagem de Teresina decidiram realizar uma paralisação de três dias em protesto contra a redução na remuneração

Foto: DivulgaçãoGreve dos técnicos em enfermagem
Greve dos técnicos em enfermagem

Com informações do 180graus

Enfermeiros e técnicos de Enfermagem de Teresina decidiram realizar uma paralisação de três dias em protesto contra a redução na remuneração. Um ato foi realizado na frente da Prefeitura de Teresina nesta terça-feira (02/03), mas o órgão já se manifestou informando que a redução se deu por fim dos repasses feitos pelo Ministério da Saúde.

A categoria decidiu que a paralisação deve começar na próxima sexta-feira (05/03) e deve durar até segunda-feira (08/03). Outras classes que prestam serviços para a rede municipal também devem aderir ao movimento.

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, se manifestou durante o ato e tenta acordo com o Sindicato dos Enfermeiros, Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do Estado do Piauí (SENATEP).


Confira a nota da FMS:


A Fundação Municipal de Saúde informa que não teve redução real de salários dos profissionais que trabalham na área da saúde de Teresina.

Os salários, insalubridade e plantão estão sendo pagos rigorosamente em dia. O que houve foi o fim do acréscimo temporário(até dia 31 de dezembro de 2020)  de 20%  no valor da insalubridade que foi autorizado em  pelo Governo Federal, através do Ministério da Saúde, com aporte de recursos específico para essa finalidade. 

No caso de segundo turno, também está sendo pago para os servidores cujos setores comprovem a necessidade. A FMS informa ainda que todas as medidas foram discutidas com as diretorias e informadas ao sindicato da categoria.