Pensar Piauí

O PT planeja eleger 70 prefeitos no Piauí

O Partido realiza seminário nesta sexta-feira, 28 de julho, às 18h, e seguirá no sábado, 29, a partir das 8h

Foto: DivulgaçãoJoão de Deus, presidente do PT
João de Deus, presidente do PT

 Por Ricardo Moura Fé, jornalista

O diretório estadual do PT do Piauí vai realizar um encontro em Teresina, nos dias 28 e 29 de julho para planejar o processo eleitoral municipal do ano que vem. Isso é uma orientação do PT nacional.  

Participam do evento prefeitos, pré-candidatos, deputados estaduais, presidentes de diretórios e coordenadores regionais, além do governador Rafael Fonteles, do ministro Wellington Dias e da secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Regina Sousa.

"Esse evento é uma orientação da Direção Nacional do partido. O PT nacional está querendo um levantamento completo das perspectivas de sucessão para 2024 em todos os municípios do Brasil. Então recomendou que nesse mês de julho todos os Estados se organizassem e realizassem um seminário envolvendo as principais lideranças da sigla " , informou o presidente do PT/PI, João de Deus.

"Nós vamos fazer um leque de filiações, com muita gente retornando ao PT, como o Paulo Martins, por exemplo, que é pré-candidato na cidade de Campo Maior e está conosco; o Olavo Rebelo, ex-deputado, ex- conselheiro do TCE, que também vai estar se filiando; o ex-deputado José Santana,  assim como vários prefeitos. O prefeito de Piracuruca, Assis Mãozinha; a de Luís Correia, Maria das Dores Fontenele Brito, e uma série de outros prefeitos e lideranças vão se filiar ao partido no seminário, vindo para somar, para que a gente tenha mais competitividade. O PT hoje tem 42 prefeitos no Piauí e com essas filiações chegaremos a quase 50 prefeitos. Queremos chegar a 70 gestores no processo eleitoral do ano que vem", disse João de Deus, acrescentando que o partido deverá ter 120 pré-candidaturas ano que vem.

João de Deus informou que o seminário não tem a pretensão de definir candidaturas, vai apenas definir estratégias para as já existentes.

Teresina

Sobre Teresina, desde maio de 2023 que há uma busca pelo entendimento. Inclusive já ocorreram várias reuniões com os pré-candidatos Franzé Silva e Fábio Novo.

"Fizemos uma reunião com os candidatos, para que tenhamos um processo tranquilo, definindo uma candidatura em que a gente possa sair fortalecido para dialogar com outras forças políticas. Na ocasião, foram definidos consensualmente os critérios de escolha. As pesquisas vão definir o candidato a prefeito de Teresina do PT. Eles serão ouvidos sobre os questionários que deverão ser feitos. O outro critério é a agregação, junção de líderes. Quem tiver  mais vereadores, suplentes, ex-vereadores, lideranças comunitárias e sindicais, enfim, quem tiver mais apoio será o candidato do PT em Teresina", disse João de Deus.

O presidente do PT/PI garantiu que até o final do mês de agosto vai haver uma definição.

Indagado sobre o peso do  governador Rafael Fonteles nessa decisão, João de Deus foi enfático. "Foi sugerido até que o governador não indicasse um nome e o próprio governador informou que não tinha nem um nome para impor ou dizer que é seu candidato", disse.

"Nós temos dois nomes fortes, com experiência administrativa, pessoas sérias, corretas, que já comandaram secretarias de Estado importantes. Qualquer um dos dois tem todas as condições de fazer com que Teresina possa avançar. Teresina precisa de apoio. Nos últimos 20 anos muitas obras abandonadas foram concluídas, tipo HUT e o Hospital Universitário, nos governos do PT, e acho que vamos ter a oportunidade agora, quem sabe, de conquistar o coração da população da capital, com um nome que tenha livre diálogo com o governo do Piauí e o governo federal" revelou o presidente do PT/ PI.

João de Deus descarta a possibilidade de desgaste no partido durante o processo de escolha. 

"A gente conversa, discute e decide, porém é preciso ter cuidado. Na última reunião que nós fizemos, quinze dias atrás, o próprio governador sugeriu que os dois pudessem tomar um café juntos. A reunião aconteceu por volta de onze da manhã, mas eles já tinham tomado o café juntos, bem mais cedo, e já tinham conversado muito e todos dois fizeram revelações fantásticas. Ambos nos informaram que qualquer um que perder não vai perder, vai estar do lado do outro", finalizou João de Deus.

A abertura do evento está prevista para sexta-feira, 28 de julho, às 18h, e seguirá no sábado, 29, a partir das 8h.

O seminário preparatório será realizado no Diferencial Buffet, localizado na rua São Pedro, 3000, centro sul de Teresina.

Foto: DivulgaçãoJoão de Deus falou com exclusividade para o pensarpiauí
João de Deus falou com exclusividade para o pensarpiauí

ÚLTIMAS NOTÍCIAS