Mulher tem rins roubados e exige órgãos do criminoso como pena

A polícia local, que abriu uma queixa contra os criminosos, informou que o estabelecimento não possui autorização para funcionamento

Foto: ReproduçãoMulher tem rins roubados e exige órgãos do criminoso como pena
Mulher tem rins roubados e exige órgãos do criminoso como pena

Na Índia, uma mulher teve seus rins roubados durante uma cirurgia. A vítima havia ido a uma casa de repouso na vila de Bariyarpur, localizada na cidade de Muzaffarpur, para retirar seu útero. O caso aconteceu em setembro e desde então, o médico R K Singh e o dono da instituição, Pawan Kumar, estão foragidos.

A polícia local, que abriu uma queixa contra os criminosos, informou que o estabelecimento não possui autorização para funcionamento. A polícia também disse que as credenciais do médico podem ser falsas.

Sunita Devi relata que após a cirurgia não conseguiu se recuperar e que seu estado de saúde era considerado crítico. Foi então, que decidiu ir em outro hospital e descobriu que havia perdido seus rins. Para sobreviver, a indiana tem feito hemodiálise diariamente.

“Peço ao governo que prenda imediatamente o médico acusado de remover meus dois rins. Os rins dele devem ser dados a mim para transplante, para que eu possa sobreviver”, disse em entrevista ao jornal India Times.

Sunita foi enviada ao Hospital e Faculdade de Medicina Sri Krishna e segue em estado crítico. De acordo com o Dr. BS Jha, superintendente do hospital, a mulher “pode morrer”. O planejamento dos médicos é realizar um transplante de rins assim que a saúde de Sunita se estabilizar.

Iti Devi, a mãe de Sunita, acredita que o caso não será solucionado pelas baixas condições da família: “O governo não fará nada porque sabe que somos pobres e nossas exigências não são ouvidas”, revelou ela.

Com informações do In Magazine

ÚLTIMAS NOTÍCIAS