Pensar Piauí

Líder da bancada evangélica da Câmara tem mandato cassado

Silas Câmara, que preside a Frente Parlamentar Evangélica (FPE) do Congresso Nacional, tem o direito de recorrer da decisão.

Foto: Reprodução/Amazonas AtualSilas Câmara
Deputado Silas Câmara

 

Em sessão realizada nesta quarta-feira (31/1), o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Amazonas aprovou, por 4 a 2, a cassação do mandato do deputado federal Silas Câmara (Republicanos-AM). Silas Câmara, que preside a Frente Parlamentar Evangélica (FPE) do Congresso Nacional, tem o direito de recorrer da decisão.

O Ministério Público Eleitoral acusa o parlamentar de irregularidades no fretamento de aeronave durante as eleições de 2022, período em que Câmara foi reeleito para o seu sétimo mandato como deputado federal.

Essa decisão do tribunal também resulta na perda do mandato de outro deputado, Adail Filho, também filiado ao Republicanos do Amazonas. Adail Filho se elegeu beneficiando-se da expressiva votação de Silas. Conforme o cálculo do coeficiente eleitoral, Filho não teria alcançado votação suficiente sem a contribuição de Silas Câmara.



Com informações do DCM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS