Pensar Piauí

Homem morre após surtar em pleno voo e tentar abrir porta de avião que levava ministros de Lula

Estrangeiro, cuja nacionalidade não foi revelada, estava em uma aeronave da Ethiopian Airlines rumo à Etiópia que transportava membros do governo

Foto: ReproduçãoHomem morre após surtar em pleno voo e tentar abrir porta de avião que levava ministros de Lula
Homem morre após surtar em pleno voo e tentar abrir porta de avião que levava ministros de Lula

 

Um homem morreu após ter um surto e convulsionar em pleno voo da Ethiopian Airlines, em um avião que partiu do Brasil rumo à Etiópia, na madrugada desta quinta-feira (15). As informações são da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo. 

Estavam presentes no mesmo voo, segundo o periódico paulistano, os ministros brasileiros Vinicius Marques de Carvalho (Controladoria-Geral da União), Anielle Franco (Igualdade Racial), Wellington Dias (Desenvolvimento Social) e Silvio Almeida (Direitos Humanos), que foram à Etiópia para acompanhar a agenda do presidente Luiz Inácio Lula da Silva no país africano. 

O homem que morreu era estrangeiro, mas sua nacionalidade e identidade não foram reveladas. Durante o surto, o homem teria tentado abrir a porta do avião em pleno voo. Na sequência, sofreu uma convulsão e morreu dentro da aeronave. 

Em nota enviada à Folha de S. Paulo, a Ethiopian Airlines confirmou o ocorrido, sem dar maiores detalhes. 

"Nós não podemos passar informações pessoais, como nome ou causa da morte. Todas as medidas necessárias já foram devidamente tomadas". 

Até o momento da publicação desta matéria nenhum dos ministros brasileiros presentes no voo tinham se pronunciado sobre o caso.  

Com informações da Forum 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS