FHC assina carta pela democracia

Até a tarde desta sexta-feira (5), a carta reunia 759 mil assinaturas.

Foto: ReproduçãoEx-presidente Fernando Henrique Cardoso
Ex-presidente Fernando Henrique Cardoso

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) assinou a carta pela democracia, organizada por ex-alunos do curso de direito da USP, pela sociedade civil e por setores do empresariado brasileiro. A informação é da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo.

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e os pré-candidatos à Presidência nas eleições deste ano Simone Tebet (MDB), Felipe d’Ávila (Novo) e Ciro Gomes (PDT) também assinaram o documento. Até a tarde desta sexta-feira (5), a carta reunia 759 mil assinaturas.

O manifesto “Carta às brasileiras e aos brasileiros em defesa do Estado democrático de Direito” é uma iniciativa suprapartidária que não menciona diretamente o nome do presidente Jair Bolsonaro (PL), apesar de ser considerado uma resposta às ameaças golpistas do mandatário ao sistema eleitoral.

O documento será lançado na Faculdade de Direito da USP, em São Paulo, no dia 11 de agosto. O manifesto também conta com assinaturas de ex-ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), políticos, empresários e artistas.

Entre os que aderiram o movimento estão o economista e ex-presidente do Banco Central Arminio Fraga, o ex-presidente do Itaú Candido Botelho Bracher, o apresentador Luciano Huck e o ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB).

ÚLTIMAS NOTÍCIAS