Consciência Negra: brancos matam preto no Carrefour

O homem foi morto na véspera do Dia da Consciência Negra

Foto: TwitterMorte no Carrefour
Morte no Carrefour

João Alberto Silveira Freitas, um homem negro de 40 anos, foi espancado até a morte por dois seguranças do Carrefour do Passo da Areia, em Porto Alegre.

O vídeo mostra o espancamento em frente à loja e uma mulher gravando a agressão contra o homem, conhecido como Beto, que morreu às vésperas do Dia da Consciência Negra, comemorado nesta sexta-feira (20).

De acordo com informações preliminares, a agressão começou por conta de uma discussão dentro do estabelecimento com uma funcionária, um segurança de uma empresa terceirizada e um PM temporário.

Os dois homens foram detidos e presos em flagrante por homicídio qualificado.