Bolsonaro proíbe Renda Brasil e diz que não vai alterar Bolsa Família

O presidente anunciou que o governo não vai mais criar o Renda Brasil, ampliação do Bolsa Família

Foto: Acesse PolíticaJair Bolsonaro
Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro divulgou nesta terça-feira (15) um vídeo nas redes sociais desautorizando as ideias do ministro da Economia, Paulo Guedes, de reforçar o Bolsa Família com cortes em outros benefícios sociais.

Sem citar nomes, o presidente disse que a ideia de cortar benefícios para ampliar o Bolsa Família pode ter partido da equipe econômica e afirmou que vai dar “cartão vermelho” para qualquer pessoa que sugerir isso.

O presidente anunciou que o governo não vai mais criar o Renda Brasil, ampliação do Bolsa Família. A ideia da equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, era cortar outros benefícios sociais como seguro-defeso, abono salarial e congelar reajustes em todos os benefícios previdenciários por dois anos para que o valor do Bolsa Família fosse ampliado e alcançasse mais pessoas.

"Até 2022, no meu governo, está proibido falar a palavra Renda Brasil, é Bolsa Família e ponto final", disse o presidente desautorizando a proposta da equipe econômica.