Pensar Piauí

Aprovação do governo Lula sobe para 55%, maior índice do mandato, diz Ipespe

A pesquisa Radar Febraban foi realizada entre 28 de agosto e 1º de setembro, com 2 mil pessoas das cinco regiões do Brasil

Foto: Ricardo StuckedLula
Lula

O levantamento Febraban/Ipespe divulgado nesta quarta-feira 13 apontou que a aprovação do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) cresceu quatro pontos percentuais e atingiu 55%, o maior índice desde o início do mandato.

Ainda segundo a pesquisa, 59% dos brasileiros acreditam que o Brasil vai melhorar até o fim de 2023. Outros 38% desaprovam a gestão do petista, dois pontos a menos que o número registrado em junho.

De lá pra cá, a parcela pessimista da população também foi reduzida, saindo de 24% para 18%. Por outro lado, a visão de que o país está melhor do que no ano passado aumentou, indo de 41% em junho para 48% em agosto.

Grafico

Já dividindo por regiões, o Nordeste foi onde Lula registrou o maior índice de aprovação (65%), entre participantes que possuem instrução até o ensino fundamental (60%), com renda mensal de dois salários mínimos (59%) e do sexo feminino (59%).

Outra questão abordada pela pesquisa foi o Desenrola Brasil, iniciativa do governo federal para renegociar dívidas com a participação dos bancos. O índice de pessoas que afirmaram conhecer o programa subiu de 45% em junho para 70% em agosto.

Essa ampliação do conhecimento é seguida pelo interesse em aderir ao programa. Sete em cada 10 (73%) entrevistados apontaram a possibilidade de fazer parte do Desenrola.

Ainda segundo o levantamento, os principais focos de preocupação dos brasileiros são: saúde (29% das menções), emprego e renda (27%), educação (15%), inflação e custo de vida (8%), fome e pobreza (6%) e corrupção (4%).

A pesquisa Radar Febraban foi realizada entre 28 de agosto e 1º de setembro, com 2 mil pessoas das cinco regiões do Brasil. A margem de erro estimada é de 2,2 pontos percentuais, em um intervalo de confiança de 95,5%.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS