“1,2 milhões de pessoas achando que o Sport só tem viado, bicha" diz conselheiro

O ex-BBB Gil do Vigor, um dos participantes que mais fizeram sucesso no programa da TV Globo, foi alvo de homofobia

Foto: DCMGil
Gil

O ex-BBB Gil do Vigor, um dos participantes que mais fizeram sucesso no programa da TV Globo, foi alvo de homofobia.

O advogado Flávio Koury, conselheiro do Sport Clube do Recife, não gostou da homenagem que o time fez a Gil.

Torcedor do Sport, ele visitou o estádio do clube, Ilha do Retiro, pela primeira vez na vida para receber a camisa personalizada do Rubro-negro.

Num grupo de WhatsApp Flávio Koury fez críticas à campanha, que teve um grande alcance nas redes sociais. “1,2 milhões de visualizações. Arretado! 1,2 milhões de pessoas achando que o Sport só tem viado, só tem bicha. Vai vender é camisa. A viadagem todinha vai comprar… Vai ser lindo!”, disse ele.

A declaração causou revolta entre membros do quadro de conselheiros do Sport, que estão pedindo o afastamento do advogado.

No Twitter, Gil se manifestou sobre o caso. “Primeiro ataque homofóbico que me deparo após o BBB e posso garantir, ainda machuca MUITO! Mas sigo firme e providências serão tomadas. Tirando o dia off para não perder minha alegria por tudo que venho vivendo…… É muita dor!”, declarou.