Cultura

Morre aos 64 anos o jornalista Kenard Kruel

Kenard lutou contra o câncer por 5 anos e resistiu até às suas últimas forças.


Foto: DivulgaçãoKenard Kruel
Kenard Kruel

O poeta, escritor e jornalista e influencer Kenard Kruel acaba de falecer nesta quinta-feira (11). Kenard lutou contra o câncer por 5 anos e resistiu até às suas últimas forças. Nasceu no Maranhão em 1959 e passou sua adolescência em Parnaíba. Vindo para Teresina nos anos de 1980. Ele deixa 5 filhos. 

Diagnosticado com câncer, seus últimos dias foram em tratamento contra a doença, internado em hospital.

Rafael Cavalcanti, filho de Kenard, informou que o pai iniciou o tratamento ainda em 2017. Já no final de 2021 cresceu um tumor no pescoço. Ele passou por radioterapia e quimioterapia, controlando o câncer. Em abril deste ano, o jornalista teve uma piora.

Kenard tem um grande trabalho na imprensa e na cultura piauiense. Ele é coautor dos livros “Genu Moraes, a Mulher e o Tempo” e “Eurípedes de Aguiar, Escritos Insurgentes”, entre outros. Também é autor dos livros Torquato Neto ou a Carne seca é Servida (2001), Gonçalo Cavalcanti - o intelectual e sua época (2005), Djalma Veloso - o político e sua época (2006) e O. G. Rêgo de Carvalho - Fortuna Crítica (2007). 

Kenard Kruel nasceu em São Luís (MA) e é Bacharel em Direito, Licenciado em Letras Português e Inglês.

Deixe sua opinião: