Segurança Pública

Menina Heloísa, baleada por agente da PRF, morre após 9 dias internada no Rio

Durante a ação policial, três disparos de fuzil foram efetuados, atingindo a menina


Foto: DivulgaçãoHeloísa
Heloísa

DCM - Heloísa dos Santos Silva, de 3 anos, morreu nove dias após ser atingida por um tiro na cabeça durante uma abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Rio de Janeiro, o agente Fabiano Menacho Ferreira admitiu ter feito o disparo. A criança estava internada desde o dia 7 de setembro e faleceu neste sábado (16), às 9h22.

O incidente aconteceu quando a família de Heloísa estava em um carro no Arco Metropolitano, na altura de Seropédica. Os policiais da PRF alegaram que seguiram o veículo Peugeot 207, suspeitando que fosse roubado, e tentaram realizar uma abordagem. Durante a ação, três disparos de fuzil foram efetuados, atingindo a menina.

O responsável pelos disparos disse, em depoimento, que escutou som de arma de fogo vindo do carro da família de Heloísa. Segundo ele, essa situação o fez atirar contra os passageiros. Os outros agentes, Matheus Domicioli Soares Viegas Pinheiro e Wesley Santos da Silva, confirmaram a versão do colega.

Heloísa estava internada no Hospital Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, e seu estado de saúde era considerado gravíssimo e instável. Nos últimos dias, ela teve uma parada cardiorrespiratória. Infelizmente, seu quadro clínico piorou até culminar em seu falecimento.

A Polícia Rodoviária Federal e o Ministério Público Federal estão investigando a conduta dos agentes da PRF envolvidos no incidente. Outro agente da PRF, que entrou na unidade de tratamento intensivo onde a menina estava internada, está sob investigação. Sua ida ao hospital foi feita sem autorização e as motivações para sua presença estão sendo apuradas. O agente poderá enfrentar acusações de abuso de autoridade.

Imagens das câmeras de segurança do hospital mostram o agente, que não teve o nome divulgado, entrando no local, sem se identificar, e sendo seguido por um segurança até o corredor da emergência pediátrica.

Veja a informação do acontecido com Heloisa: Menina de 3 anos é baleada no RJ em carro da família, que acusa PRF

Deixe sua opinião: