Justiça

Influencer Roani Sampaio é condenada a 23 anos de prisão

A sentença condenatória foi dada nesse domingo (29) pelo juiz João Antônio Bittencourt Braga Neto


Foto: ReproduçãoRoani Sampaio
Roani Sampaio

A digital influencer maranhense Roani da Silva Sampaio e Thiago Ruan Martins de Sousa, ambos acusados de realizarem um arrastão na casa do empresário Abel Paes Landim na zona leste de Teresina, em 12 de fevereiro de 2021, foram condenados por roubo e extorsão pela Justiça.

Roani Sampaio foi condenada a 23 anos e 4 meses de prisão e Thiago Ruan a 20 anos. Foram condenados também por danos morais e devem pagar R$ 10 mil ao empresário.

A sentença condenatória foi dada nesse domingo (29) pelo juiz João Antônio Bittencourt Braga Neto, da 3ª Vara Criminal de Teresina.

Entenda o caso

A digital influencer havia marcado um programa por R$ 300, na própria casa da vítima, no bairro Planalto Ininga e repassou informações privilegiadas sobre o local ao namorado, que idealizou o roubo.

Roani Sampaio, Francisco Moises Sousa Batista, Thiago Ruan Martins e Jean Carlos Nunes Carneiro Junior, usando arma de fogo, roubaram diversos bens móveis pertencentes à vítima. Coleção de relógios; dinheiro; um videogame Playstation; um DVR das câmeras de monitoramento da residência; e 01 (um) litro de uísque Johnnie Walker.

Deixe sua opinião: