Técnico do Bahia bota o dedo na ferida do racismo brasileiro

Roger Machado afirmou que "negar e silenciar é confirmar o racismo"

Foto: Google ImagensMarcão e Roger Machado
Roger Machado e Marcão

Ontem, pela 25º rodada do Campeonato Brasileiro de Futebol Profissional, série A, enfrentaram-se Fluminense e Bahia. O jogo terminou com o placar de 2 x 0 para os cariocas.

Comandando Fluminense e Bahia os dois únicos treinadores negros do Campeonato Brasileiro: Marcão e Roger Machado.

 

Na entrevista coletiva pós jogo, o treinador do Bahia marcou o maior gol do campeonato até o momento ao falar sobre racismo no Brasil.

Tanto Marcão, treinador do Fluminense, quanto Roger Machado vestiram a camisa do Observatório da Discriminação Racial, uma iniciativa que monitora casos de racismo no futebol e propõe ações afirmativas no esporte.

Veja a entrevista de Roger Machado: