Policial morre espancado durante briga em conveniência; veja vídeo

Suspeitos fugiram após a briga e estão foragidos

Foto: O LivreConfusão em posto de conveniência
Confusão em posto de conveniência

O soldado da Polícia Militar Roberto Rodrigues de Souza, 31 anos, morreu no fim da noite desse domingo (25) ao se envolver em uma briga em uma conveniência em frente a um posto de combustíveis na Rodovia Mário Andreazza, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá). As informações são do O Livre.

A Polícia Militar foi acionada logo após a briga e encontrou o policial no chão. A esposa dele estava ao lado e disse que os dois estavam a caminho de Cuiabá e pararam no local para que a vítima usasse o banheiro. Enquanto o marido desceu, ela ficou no carro.

Como o policial estava demorando, ela foi ver o que estava acontecendo e já o encontrou no chão. Um funcionário do posto, então, contou que o policial havia se envolvido em uma briga com dois homens e havia sido agredido com socos, chutes e pontapés.

Os militares que estavam atendendo a ocorrência colocaram o policial ferido na viatura e o levaram ao Pronto-Socorro de Várzea Grande. Na unidade médica, porém, foi constatado o óbito do policial.

O funcionário da conveniência disse que o militar havia se desentendido com os suspeitos dentro do banheiro e, em seguida, a briga começou. Mesmo após ele cair no chão, os dois homens continuaram as agressões.

Uma câmera de segurança flagrou a briga. Nas imagens é possível ver que os suspeitos estavam um com camiseta preta e calça jeans e outro com camiseta cinza e bermuda branca. Com as câmeras também foi possível ver que eles fugiram em um Gol G2 preto e um Ônix Attractive prata. Os dois estão foragidos.

Os pertences do policial ficaram com a esposa e a arma foi recolhida. O caso foi registrado como homicídio doloso.

Veja o vídeo: