MG: Mãe tapava boca da filha de 13 anos para padrasto estuprá-la

Mulher de 31 anos acusada de participar dos estupros da própria filha foi presa

Foto: ReproduçãoAbuso sexual infantil
Abuso sexual infantil

Metrópoles - A Polícia Civil de Capelinha, na região do Jequitinhonha (MG), prendeu uma mulher de 31 anos acusada de participar dos estupros da própria filha, uma adolescente de 13 anos. O suspeito do crime é o padrasto da menina, um idoso de 66 anos. Segundo a corporação, a mãe segurava e tapava a boca da menor para que o companheiro fizesse sexo forçado com a menina.

As detenções pelo crime de estupro de vulnerável, com mandados de prisão preventiva, foram feitas última sexta-feira (19/8) no âmbito da Operação Anjo da Guarda. A ação visava reprimir este tipo de crime que, segundo a corporação, são “muito recorrentes” na região.

A Polícia Civil iniciou as investigações sobre o caso em maio deste ano. E concluíram que a menina começou a ser estuprada em abril, sendo que a mãe participava ativamente do crime, além de ter forçado a filha a assistir ao casal fazendo sexo.

O casal foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS