Mecânico morre cortado por hélice de avião no Aeroporto de Teresina

O caso ocorreu por volta das 18h20 da sexta-feira (19)

Foto: O Dia
Aeroporto Petrônio Portela
Aeroporto Petrônio Portela

 

G1 - O mecânico Antônio Francisco Pereira morreu ao ser atingido pela hélice de uma aeronave no Aeroporto Senador Petrônio Portella, em Teresina. O caso ocorreu por volta das 18h20 da sexta-feira (19).

Uma funcionária, que preferiu não se identificar, informou que o corte no braço do mecânico foi grave, porém ele não chegou a decepar o membro. O funcionário estava fazendo a manutenção de uma aeronave de pequeno porte no hangar, quando sofreu o acidente.

Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), e encaminhado para o Hospital de Urgência de Teresina, mas morreu durante o atendimento.

"Nós deslocamos uma equipe para o local, mas devido à gravidade da ocorrência acionamos o Samu. A hélice atingiu o ombro do mecânico e a recomendação era para semiamputação do braço. Ele saiu do local intubado, mas veio a óbito no hospital", informou.

A empresa Top Line Táxi Aéreo, responsável pela aeronave, não quis comentar sobre o acidente.