Pensar Piauí

Ex-marido de Ana Hickmann culpa governo Lula por falência

O empresário busca a recuperação judicial como estratégia para evitar a falência do empreendimento.

Foto: ReproduçãoAna Hickmann e Alexandre Correa
Ana Hickmann e Alexandre Correa

 

Alexandre Correa, ex-marido da apresentadora Ana Hickmann, está solicitando à Justiça a suspensão da execução das dívidas da Hickmann Serviços LTDA, empresa da qual ambos são sócios. Enquadrado na Lei Maria da Penha por denúncias de violência doméstica, o empresário busca a recuperação judicial como estratégia para evitar a falência do empreendimento.

Em sua defesa, o bolsonarista apresentou uma proposta alegando que a recuperação judicial é vital para preservar a empresa, destacada como “sempre próspera”. A solicitação ocorre em meio às acusações e ao impacto econômico que, segundo Correa, é atribuído à gestão atual do presidente Lula.

“A exemplo das diversas grandes marcas e franquias que fecharam as portas no Brasil após o início do governo atual e da crise que assola o mundo em face de duas grandes guerras em plena e contumaz beligerância e dos resquícios do fechamento do comércio após a pandemia do Covid”, declara a defesa, justificando o pedido de recuperação judicial.

Em entrevista ao Uol, Correa já tinha sinalizado que sua agressão contra Hickmann teria sido, também, por culpa do governo Lula: “Mil coisas que acontecem na vida dos empresários, ainda mais com tudo que está acontecendo no país”.

Segundo a CNN Brasil, a Polícia Civil de São Paulo está investigando o bolsonarista após sua ex-esposa o acusar de desviar cerca de R$ 25 milhões das empresas em que eram sócios. Conforme a denúncia, os crimes estariam acontecendo desde 2018 por meio de contratos e operações bancárias sem o conhecimento da apresentadora.

Com informações do DCM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS