Ela ia dar a luz, chamou a ambulância; na ida para o hospital, o carro pegou fogo

Foto: Diario do NordesteAmbulância queimada
Ambulância queimada

Uma ambulância que fazia o transporte de uma gestante pegou fogo e a mulher teve um parto de emergência às margens da BR-020, na madrugada deste sábado (9), no município de Tauá, no Ceará. Mãe e filho passam bem. As causas do incêndio vão ser investigadas.

Conforme uma funcionária do Hospital Dr. Alberto Feitosa Lima, de Tauá, uma outra equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) transportava um paciente do município para o Hospital Regional do Sertão Central, em Quixeramobim, quando se deparou com o veículo em chamas e parou para ajudar. 

Foto: Diário do NordesteMãe e filho
Mãe e filho

No local, os médicos encontraram a grávida já em trabalho de parto, com a bolsa rompida, e iniciaram o procedimento de parto, que ocorreu ali mesmo sobre uma maca na rodovia federal. O parto foi feito pela equipe do médico emergencista do Samu de Tauá, Dr. Montezuma Feitosa Alexandrino.

"Sem poder levar a gestante para dentro da ambulância do Samu, pois já tinha um paciente grave dentro, a equipe realizou o parto na pequena maca que sobrou da ambulância que foi consumida pelo fogo", disse o médico.

A equipe esperou que uma nova ambulância, vinda da cidade de Boa Viagem, chegasse ao local, para retornar com a mãe e a criança.

Foto: Diário do NordesteEquipe que fez o parto
Equipe que fez o parto