Duas mulheres foram encontradas mortas dentro da cisterna de um motel em Goiás

As vítimas foram identificadas como Simone de Jesus Garcia, de 53 anos, e Cleide Fernandes Cavalcante, de 52 anos

Foto: G1

Mulheres mortas

Ontem (13) duas mulheres foram encontradas mortas dentro da cisterna de um motel em Caiapônia, no sudoeste goiano. As vítimas foram identificadas como Simone de Jesus Garcia, de 53 anos, e Cleide Fernandes Cavalcante, de 52 anos, que eram funcionárias do motel.

O delegado Ramon Queiroz informou que iniciou a investigação e realizou "diligências preliminares no sentido de identificar o autor".

Uma câmera de segurança interna registrou parte da ação do homem suspeito de matar as duas funcionárias. O vídeo mostra o momento em que o homem, com um revólver apontado para uma funcionária, pega objetos em cima de uma mesa e algo que parece ser dinheiro.

É Simone quem aparece no vídeo sob a mira da arma. 

Segundo o delegado, a pessoa que praticou o crime deixou um bilhete no local. Também foi subtraído dinheiro das vítimas.

A mensagem, escrita à mão, diz que o ato foi uma "vingança pela morte do pai e irmãos". Mas o tenente da PM Dayan Gomes, que esteve na cena do crime, acredita que o comunicado é apenas para despistar a investigação policial.

Foto: G1Bilhete
Bilhete

A Polícia Militar (PM) relata na ocorrência que foi chamada pela filha de uma das vítimas. Ela percebeu que a mãe não voltou para casa após o expediente.

O motel estava fechado e os policiais convocaram o dono para levar as cópias das chaves. Segundo a PM, algumas câmeras de segurança instaladas no estabelecimento foram arrancadas.

Com informações do G1